Advertisement

Header Ads

Provas da Existência de Deus.




Deus é um ser divino, supremo, eternamente subsistente. Não teve princípio, nem fim. É o criador de todas as coisas e não foi criado por ninguém. Com essas definições respondemos a várias indagações sobre a pessoa e a existência de Deus.
Há vários questionamentos pró e contra a existência de Deus, porém a existência de Deus não depende de indagações ou questionamentos humanos, ele existe por si, independentemente de alguém crer ou não nEle. “Disse o louco em seu coração: não há Deus... Sl 53.1. É uma loucura não crê na existência de Deus. Por outro lado, diz a Bíblia: “...é necessário que aquele que se aproxima de Deus, creia que ele existe...” Hb 11.6. A prova da existência de Deus não baseia somente na fé dos que creem nEle e confirmam a realidade de que Deus existe. Existem várias provas da sua existência, aqui destacaremos algumas.
1. Criação do Universo. “Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia as obras de suas mãos... Sl 19.1. A obra da criação é um argumento em favor da existência de Deus, tudo que existe no universo foi criado, é o efeito de uma causa primária e essa causa primária é Deus.
Conta-se que o ilustre matemático, físico, astrônomo e filósofo, Isaac Newton, recebeu a visita de um amigo íntimo e igualmente cientista, mas céptico (não acreditava em Deus). Newton tinha mandado confeccionar uma máquina por hábil engenheiro (todo o sistema solar), contendo todos os planetas com o Sol no centro e todas aquelas bolas giravam nas suas devidas órbitas e nas suas respectivas velocidades, em volta do sol. Quando o cientista viu ficou encantado e perguntou logo: Quem fez esse objeto? Ao que Newton respondeu: Ninguém.  O homem irado respondeu: Pensas que sou um doido? Por certo alguém o fez! Newton levantou-se e colocando a mão no ombro do amigo disse: Essa máquina é uma fraca imitação de um sistema infinitamente superior, cujas leis tu conheces, e não consigo convencer-te de que não teve inventor. A partir desse dia o céptico passou a crer na existência de Deus.
A natureza é o primeiro argumento em favor da existência de Deus. “Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela Palavra de Deus. ” Hb 11:3. “O seu eterno poder como a sua divindade e entendem e claramente se veem pelas coisas que estão criadas. ” Rm 1:20.
2. A Bíblia Sagrada. A Bíblia não se preocupa em argumentar a existência de Deus. Mas afirma categoricamente através dos fatos nela registrados. No primeiro versículo encontramos a expressão “ No princípio criou Deus os céus e a terra. ” Gn 1:1. Todas as narrativas bíblicas relacionadas à pessoas de Deus, não são tentativas de argumentar para provar a existência de Deus, mas são evidencias de que Ele existe. A Bíblia é uma fonte profunda da revelação de Deus à humanidade, os milagres, as profecias, a inspiração e veracidade da Bíblia, são provas autênticas da existência de Deus.
3. A Natureza Humana. O homem dispõe de natureza moral, isto é, a sua vida é regulada por conceitos do bem e do mal. Ele reconhece que há um caminho reto de ação que deve seguir e um caminho errado que deve evitar. Esse conhecimento chama-se consciência.
Ao fazer o bem sua consciência aprova, ao fazer o mal ela o condena. Até o homem que não conhece a Deus tem a consciência do bem e do mal, isto é, do certo e do errado. Esse conhecimento prova que o homem tem uma origem em Deus e, consequentemente Deus existe como um ser moral.
4. A História Geral. Os eventos da História Universal fornecem evidências de um poder dominante e absoluto. Os princípios do governo divino e moral encontram-se na história das nações e na experiência dos homens. A história das grandes civilizações, passadas e presentes, como o Egito, a Assíria, a Babilônia, a Grécia e Roma. A história de Israel, seu cativeiro, seu retorno, sua restauração política suas guerras e vitórias. A intervenção e a providência divina nos acontecimentos provam tanto a existência como o domínio de Deus sobre as nações. “... para que conheçam os viventes que o Altíssimo tem domínio sobre os reinos dos homens, e os dá a quem quer. “ Dn 4:17.
 5. A Crença Universal. A crença na existência de Deus é conhecida e algo tão universal como a própria raça humana. O homem é instintivamente religioso. Com raras exceções, toda a humanidade procura um deus para adorar e quando não conhecem o Deus verdadeiro adora um deus falso, mas dentro do ser humano tem uma faísca divina que procura se relacionar como Deus. Desta maneira vemos que o homem por natureza é constituído para crer na existência de Deus. Para confiar na sua bondade e para adorar a sua presença.
Todos esses fatores são provas evidentes da existência de Deus.

Bibliografia
Teologia Fundamental. Pr José Cavalcante.



Faça sua inscrição no blog Creio no Evangelho

Receba as atualizações do blog Creio no Evangelho! Digite seu email aqui...

Postar um comentário

2 Comentários

  1. 1-uma máquina é algo que não existe naturalmente,uma máquina com certeza foi criado por uma pessoal,em relação a natureza não existe evidências que foi criado por alguém

    2-a bíblia prova que o deus cristão existe,do mesmo jeito que o alcorão prova que o deus islâmico existe

    3-a moralidade começou surgiu depois que homem começou a viver em sociedade,ao viver em sociedade,o homem notou que algumas atitude eram vantajosas para ele e outras não,assim surgiu a moral

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara... Deve ser muito ruim viver sem Deus, viver uma vida jogado no mundo, como um cão sem dono. Mais creio que se for da vontade do Pai que um dia vc creia nele não haverá nada que vc possa fazer, pq ele escolhe os seus, mesmo vc querendo ou não.

      Excluir